Arquivo da tag: tempo

O tempo e a morte – Unidos até que a eternidade os separe!

standard-methods-to-determine-time-of-death-21288001

E o Senhor Deus ordenou ao homem: “Coma livremente de qualquer árvore do jardim,
mas não coma da árvore do conhecimento do bem e do mal, porque no dia em que dela comer, certamente você morrerá”.
Gênesis 2:16,17

O homem foi criado por Deus com o propósito de ser eterno. A morte não fazia parte dessa relação de Deus com seu novo filho, criado para o alegrar e serem amigos.

Porém, quando o jardim foi plantado haviam paradoxos no meio dele: Uma árvore que era fonte de vida eterna e que o faria viver para sempre com Deus e outra que daria ao homem a morte e o fim de tudo o que Deus preparara para seu filho Adão.

A história nós sabemos, que Adão, levado pela serpente escolheu o pecado.

Mas é ai onde eu queria chegar. Pois sabemos que a morte não é um estado, mas um demônio, no qual Jesus o venceu no ades. Então com a desobediência (pecado), o homem não só foi visitado por esse demônio, como entregou a terra que era dele, entregou seus dias e sua relação com Deus.

A morte é um estado de separação de Deus com o homem, e é ai que entra o tempo.

Deus não está preso ao chronos (tempo minuto a minuto), mas o Kairós. E o que é a eternidade? É a ausência do tempo! Por isso Jesus é mencionado em Apocalipse como o Alfa e Ômega, o principio e o fim, porque está fora do chronos, podendo ver o começo e o fim de tudo no mesmo relance de olhar.

Então entendemos que com a morte o tempo passou a ser contado, pois agora o homem estava nas garras de sua amante, e deveria se encontrar com ela em algum momento, e por isso o chronos passou a existir.

Nesse tempo os homens ainda chegavam aos 1000 anos, como é o caso de Matusalém, descendente de Adão.

Mas ai o homem não parou de flertar com a morte, e intimamente passou a viver um caso de amor com ela. O homem que Deus criou, agora era escravo do pecado que conhecera, e não fez outra coisa a não ser pecar.

Então disse o Senhor: “Por causa da perversidade do homem, meu Espírito não contenderá com ele para sempre; e ele só viverá cento e vinte anos”
Gênesis 6:3

Dai o chronos se achegou mais perto do homem, por ter aumentado a iniquidade. Então, quanto mais pecado, mais o demônio da morte é fortalecido?

Pois o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor. Romanos6:23

 Mas havia um plano, e então o Senhor Deus, enviou seu filho, aquele que não flertaria com a morte, não pecaria, e então poderia vencer a morte, pois se o salário do pecado é a morte, alguém que não pecou não pode morrer.

Então Jesus veio, viveu, sofreu as mesmas paixões que nós… mas não pecou!

Então triunfou sobre ela, recebendo um nome acima de todo nome, pois venceu a morte, e tomando dela o poderio, deu a quantos quis o poder da eternidade outra vez.

E quando enfim, deixarmos esse corpo de morte, deixaremos também o tempo, podendo viver para sempre, o Espírito que reina volta a ser o do Eterno e a comunhão eterna com Yahweh e seu Kairós voltam a ser nossos outra vez.

Essa é a vitória… não mais tempo… não mais morte… não mais separação!

Seja fiel até a morte, e eu lhe darei a coroa da vida.

Apocalipse 2:10