Evangelho diluído

13062331_1126581754029111_2306438208499415258_n

O Espírito diz claramente que nos últimos tempos alguns abandonarão a fé e seguirão espíritos enganadores e doutrinas de demônios.
1 Timóteo 4:1

David Wilkerson disse que evangelho diluído não é evangelho. O humanismo, o determinismo, o panteísmo, a teologia da prosperidade e toda essa infinidade de lixologia que tem invadido as igreja, onde o homem é colocado no centro e o teísmos, onde Deus é o único centralizado, pouco a pouco tem sido abandonado para dar lugar ao culto ao eu. Costumo chamar de egolatria esse culto egocêntrico onde o homem é o foco.

Chega a ser assustador como o número de livros de auto ajuda tomaram os primeiros lugares em vendas, quando livros que nos mexiam da zona de conforto como O Peregrino, Os Heróis da Fé e Pecadores nas Mãos de Um Deus Irado caiaram em descrédito e ficam encalhado nas livrarias.

O resultado de tudo isso é o culto humanizado e o entretimento tomando o lugar do arrependimento!

A “igreja” moderna está fazendo o Espírito Santo parecer um idiota.

(David Wilkerson)

Em vez da pregação expositiva que leva ao arrependimento, a pregação que fazia homens se agarrarem as cadeiras, vemos verdadeiros especialistas em stand up comedy dos púlpitos, verdadeiros palhaços entretendo lobos.

Eu não quero bater na noiva de Cristo, amo a igreja e sei que ela é muito amada, mas quero dizer com esse texto, que esses molestadores da noiva vão se ver com o noivo dela, pois Ele vai voltar.

Carter Colon disse depois do 11 de Setembro em que as torres gémeas foram derrubadas em um sermão contagiante as seguintes palavras: Fuja dos pregadores da prosperidade! Fuja do falso evangelho! Fuja dos pastores que contam piadas nos púlpitos, fuja por sua vida, fuja! Ele relatava as pessoas que salvavam suas vidas correndo pelos corredores do prédio naquele dia, lutando por suas vidas, ele dizia: faça o mesmo por sua fé!

“Chegará um dia em que no lugar dos pastores alimentando as ovelhas haverá palhaços entretendo os bodes” – Charles Haddon Spurgeon.

Quero dizer que o evangelho genuíno diz sempre a respeito de arrependimento, pois não houve outro ensino nos lábios de nosso Senhor e noivo dessa igreja. Desde João Batista a palavra era arrependimento. Hoje quase imploramos para as pessoas quererem JESUS com nossas frases de para-choque de caminhão: Jesus te ama… Ele te ama!!! Não é que Ele deixou de amar, mas não é sobre nós, nunca foi, é sobre Ele.

Mostramos um Jesus carente, que pede que o aceitemos, quase que implorando nossa atenção. Isso não é real!!!

O senhor disse aos seus discípulos:

“Vocês não me escolheram, mas eu os escolhi para irem e darem fruto…”
João 15:16

Ele nos escolheu, e isso é graça. Arrependimento é reconhecer essa graça infinita que nos aceita imundos como somos. Graça é mesmo sabendo de nossos crimes, delitos e pecados, ainda assim nos aceitar. Não é uma deisação do homem, mas é sobre Ele crescer e nós diminuirmos.

 

Em Cristo e nos laços do calvário

Pr. Max Pond

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s