Seja um crente “cachorro”

https://i1.wp.com/www.mexicoinsmallbytes.com/junio2007/dog-cat.jpg

Seja um crente “cachorro”.

Quando lemos o Substantivo comum dado ao cão, logo somos levados a pensar em coisas baixas, vis e desprezíveis. Mas quando falo em crente cão, estou falando sobre uma característica interessante desse animal.
Quem tem um cão, e quem cria gato, sabe bem a diferença dos dois, pois o gato é bonito, brincalhão, bom caçador, enquanto o cão é amigo, protetor e alegre. Mas uma coisa não é muito abordada quando falamos da característica de um e outro, e que é exatamente sobre o apego.
Gatos amam a casa, e quando o seu dono muda muitas vezes o gato permanece na casa, pois não se apega ao dono, e sim ao local onde está, o seu território.
Cães são diferentes, pois cães amam o seu dono, e se o dono muda, ele nem liga para a casa, seu apego e com aquele que cuida dele e o alimenta. Se o dono morre, muitas vezes o cãozinho também vem a óbito logo depois, pois não suporta viver sem aquele que é a razão de sua vida.
Quando falo que devemos ser um crente cachorro, estou fazendo menção ao fato de deixarmos de ser apegados ao templo, ou a denominação. Devemos deixar o apego a “casa” e nos apegar ao nosso dono e dono da casa.
O verdadeiro cristão não se apega a doutrina, nem a bandeira, nem a liturgia nenhuma, pois o seu amor está naquele que cuida dele, o seu dono, sua razão de viver.
Quando buscamos amar somente a Ele, mesmo que passem os templos, os ministérios, as doutrinas, Ele ainda será o foco do nosso amor, e nele estará o nosso apego.
Conheci muitas pessoas que se magoaram com alguém, com seu pastor, com algum oficial de sua denominação. Conheço pessoas que seguiram tanto a doutrina que acabaram por matar muitas pessoas da comunidade de fé. E vi muitos que se afundaram com a denominação, pois estavam firmados nela e não no dono de todas as coisas.
Aquele que tem os olhos fitos no Pai, no melhor amigo, naquele que tem cuidado dele, esse terá sempre o carinho e o cuidado do seu amado, porém, melhor do que isso é que Deus não é só o nosso dono, mas também um PAI, carinhoso amoroso e que quer o nosso bem.
Por isso, seja um crente cachorro, e não um crente gato, para que não deixe sua vida nas coisas e não no criador de todas as coisas.
E então, o que você é afinal? Crente gato ou crente cachorro?

Max Pond

Em Cristo e nos laços do calvário.

3 comentários em “Seja um crente “cachorro””

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s